Preços do álcool acumulam queda de 10% na semana

Confirmando as expectativas do mercado, os preços do álcool anidro e hidratado seguem em ritmo de queda com o avanço da colheita de cana-de-açúcar no Centro-Sul do país. Levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostra que o litro do anidro fechou a R$ 0,81807 (sem impostos) na semana passada, entre os dias 19 e 23 de maio, com desvalorização de 11% sobre a semana anterior. O litro do hidratado ficou em R$ 0,69147 (sem impostos), com recuo de 11,3% no mesmo período.

As negociações mantêm-se lentas. As distribuidoras estão na expectativa de que os preços recuem ainda mais. Depois de um período remunerando mais, o açúcar voltou a pagar mais que o álcool. Na semana passada, o açúcar pagou 3% acima que o tipo anidro e 18% a mais que o hidratado, segundo o Cepea.

Preços do álcool acumulam queda de 10% na semana

Confirmando as expectativas do mercado, os preços do álcool anidro e hidratado seguem em ritmo de queda com o avanço da colheita de cana-de-açúcar no Centro-Sul do país. Levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostra que o litro do anidro fechou a R$ 0,81807 (sem impostos) na semana passada, entre os dias 19 e 23 de maio, com desvalorização de 11% sobre a semana anterior. O litro do hidratado ficou em R$ 0,69147 (sem impostos), com recuo de 11,3% no mesmo período.

As negociações mantêm-se lentas. As distribuidoras estão na expectativa de que os preços recuem ainda mais. Depois de um período remunerando mais, o açúcar voltou a pagar mais que o álcool. Na semana passada, o açúcar pagou 3% acima que o tipo anidro e 18% a mais que o hidratado, segundo o Cepea.

X