Preços do açúcar podem ser menores este ano, alerta especialista

img4680

Desde 2012, as expectativas de mercado do açúcar têm indicado preços um pouco inferiores em 2013, segundo a conclusão de Heloisa Lee Burnquist, pesquisadora de comércio internacional e produtos sucroenergéticos do Grupo de Pesquisa e Extensão do Sucroalcooleiro do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), responsável pela área do açúcar.

“O mercado internacional também não apresenta evolução que sinalize pressão de demanda e dessa forma, os principais condicionantes do comportamento do mercado de açúcar para 2013 ficam restritos ao comportamento da economia brasileira, ao consumo de etanol, bem como ao comportamento de importantes importadores, dentre os quais destaca-se a China”, explica.

Para ela, o Brasil continuará sendo o principal fornecedor de açúcar no mundo já que os outros países grandes exportadores mundiais de açúcar dispõem de volumes excedentes exportáveis bem inferiores aos do Brasil. “A Tailândia, segundo mais exportador atualmente, não exporta mais que 35% do volume realizado pelo Brasil. Outro aspecto que reforça a posição hegemônica brasileira é a relação consumo interno e produção, que não tem excedido a 1/3 ao longo dos últimos anos”, reforça.

X