Preços agrícolas têm forte retração no atacado de SP

Os preços agrícolas encerraram a semana entre os dias 18 e 25 de agosto em queda de 1,4% no atacado paulista, de acordo com levantamento da MSConsult com base em uma cesta de 14 produtos. Foi a maior variação negativa apurada pela consultoria desde o fim de junho.

Para a forte queda observada pesaram principalmente as baixas dos ovos (12,2%), da batata (9,6%) e do feijão (8,7%), mas também recuaram os preços do café (5,3%), do boi gordo (2,2%), da laranja (2%), do arroz (1,5%), do trigo (1%) e do açúcar (0,1%).

Subiram no atacado paulista, em contrapartida, os preços do tomate (16%), do suíno (3,7%), da soja (2%), do milho (1%) e do frango abatido (0,5%).

Com as oscilações registradas até o dia 25 pela MSConsult, a variação negativa do indicador que mede os preços no atacado em relação à média de julho chegou a 1,1%. Em julho, a queda em relação à média do mês anterior também foi forte e chegou a 1,3%. No levantamento da consultoria, houve quedas médias mensais também em janeiro (3,6%), fevereiro (1,3%), abril (2,6%) e maio (1,8%).

E, a partir de sua pesquisa, o economista Fabio Silveira, da MSConsult, passou a estimar uma queda da ordem de 1% para o IPA-M – que compõe o IGP-M – no acumulado de agosto. O dado oficial sai nesta semana.

X