Preço dos ativos sucroalcooleiros tende a cair em 2015, diz Rabobank

MDG : Swaziland : Sugar cane and sugar millEm relatório divulgado hoje, o banco holandês Rabobank avaliou que as companhias sucroalcooleiras que estão sob pressão de serem vendidas devido à deterioração de sua situação financeira não devem contar com um alívio nas condições de mercado em 2015. Por isso, o “gap” entre
o valor que o vendedor quer negociar e o que o comprador considera justo pagar tende a ser equacionado no próximo ano, com vantagem para o comprador. “As circunstâncias sugerem que, em 2015, há mais probabilidade de a diferença entre compradores e vendedores ser resolvida por um declínio nos preços-alvo dos vendedores do que por um aumento nos preços que os compradores estão dispostos a pagar”, afirmou o banco em
relatório, assinado pelo especialista Andy Duff.

A vantagem dos compradores sobre os vendedores, conforme o Rabobank, está sustentada em numa série de fatores, que vão desde os fundamentos do próprio setor sucroalcooleiro, quanto da economia brasileira. Segundo o Rabobank, as perspectivas para o próximo ciclo, o 2015/16, ainda são de cotações internacionais do açúcar sob pressão enquanto um modesto aumento no retorno dado pelo etanol é esperado.

(Fonte: Valor Econômico)

X