Preço do etanol está mais competitivo em Minas Gerais

Foto: alessandro reis – jornalcana

Os preços do etanol nos postos mineiros já estão mais competitivos que o preço da gasolina, segundo os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgados esta semana.

Segundo o levantamento, no período de 30/07 a 05/08, o preço médio do etanol em Minas Gerais foi de R$ 2,688 equivalente a 69,9% do preço de R$ 3,845 encontrado para a gasolina. Em Belo Horizonte, o biocombustível está ainda mais competitivo para o consumidor, com um valor médio de R$ 2,601 que equivale a 69,7% do valor médio para a gasolina de R$ 3,728.

Em comparação com a semana anterior (23 a 29/07), o preço da gasolina teve um aumento de 0,8% em Minas Gerais e 0,7% em Belo Horizonte, enquanto o preço do etanol não variou em Minas Gerais e teve queda de 0,3% em Belo Horizonte.

PIS/Cofins

O aumento do PIS/Cofins dos combustíveis de R$ 0,38 para R$ 0,79 na gasolina e R$ 0,12 para R$ 0,24 para o etanol, resultou na elevação do preços dos combustíveis em Minas Gerais. Após a decisão, o preço médio da gasolina já teve alta de 7,5% e alta de 6,7% no caso do etanol. Em Belo Horizonte a alta dos preços médios foi de 8,2% para a gasolina e 6,1% para o etanol. Os aumentos acabaram privilegiando, de certa forma, o combustível limpo e renovável que antes não tinha paridade de preços no Estado.

O presidente da SIAMIG, Mário Campos, ressalta, contudo, que é apenas uma convenção de que o etanol tem que estar com uma relação de preço de 70% frente a gasolina para se tornar competitivo. O mais importante é que os consumidores façam os cálculos do próprio veículo.
“A forma que cada motorista dirige, assim como a diferença de tecnologia embarcada nos carros vendidos no mercado brasileiro, pode resultar na variação dessa paridade. Já existem modelos no mercado que apresentam relação de paridade acima de 70%, assim como há diversos relatos de motoristas neste sentido, ou seja, o etanol pode ser ainda mais competitivo do que o consumidor imagina”, afirma Campos.

Abastecer o tanque com etanol é também uma atitude mais consciente em relação ao meio ambiente, pois este combustível reduz em 90% as emissões de gases do efeito estufa na comparação com a gasolina, com a proteção maior à saúde.