Petróleo e etanol apresentam queda de 0,93% nos preços em maio

O IPP – Índice de Preços ao Produtor, responsável por medir os preços nas indústrias, sem impostos e fretes, aumentou 0,28% em maio, influenciados principalmente pelos segmentos de produtos químicos e refino de petróleo e produtos de álcool, que mostraram quedas nos preços, e pelos alimentos, que seguiram curso inverso.

Entre os principais impactos de queda do índice em maio estão o etanol e seus derivados e refino de petróleo com – 0,10 ponto percentual, o que provocou recuo dos preços de 0,93% e produtos químicos com -0,13 ponto percentual, com recuo de 1,18% nos preços. Em contra partida no acumulado em 12 meses até maio, o IPP teve alta de 4,07%, com destaque para bebidas (8,86%), papel e celulose (7,14%), borracha e plástico (6,96%) e refino de petróleo e produtos de álcool (6,10%).

img7262

X