Petrobras afunda após subir 4%, com mergulho do petróleo

 

As ações da Petrobras viraram para queda nesta manhã, acompanhando o movimento do petróleo no mercado internacional, que passou a cair. Os papéis da petroleira, que chegaram a subir mais de 4% mais cedo, operam no negativo, enquanto o petróleo Brent registrava queda de 0,93%, a US$ 36,23 o barril.

Mais cedo, a petroleira seguia o bom humor do mercado nesta sessão, o empréstimo chinês de US$ 10 bilhões e votação do pré-sal. De acordo com informações da Bloomberg, a Petrobras pode deixar mercado de títulos de lado após empréstimo chinês de US$ 10 bilhões, anunciado na sexta-feira. Segundo a XP Investimentos, isso ajuda a companhia no curto prazo, 2016, mas não resolve o problema de alavancagem e elevado endividamento da companhia.

Ontem, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, anunciou a criação decomissões especiais para viabilizar a votação em Plenário, no primeiro semestre de 2016, das propostas sobre exploração do petróleo do pré-sal. A comissão sobre o pré-sal terá como texto principal o projeto do Senado – o PL 4567/16, que libera a Petrobras de ter uma participação de pelo menos 30% em todos os consórcios de exploração do pré-sal — e os da Câmara como apensados, o que não impedirá os líderes partidários de pedirem preferência para a votação de projetos específicos.

(Fonte: Infomoney)

X