Pesquisador do IAC é premiado pelo MasterCana Centro-Sul

O pesquisador do Instituto Agronômico (IAC), Marcos Guimarães de Andrade Landell, será agraciado nesta segunda-feira (20/08), em Ribeirão Preto (SP), com o Prêmio MasterCana Centro-Sul 2018, na categoria “Quem é quem no setor”, que constitui homenagem às personalidades do setor sucroenergético nos últimos 30 anos.

Líder do Programa Cana IAC, Landell compartilha o Prêmio com sua equipe. “A honraria muitas vezes vem para a pessoa que representa o grupo de trabalho, mas eu não teria qualquer destaque se não fosse o grande time que temos. Essa honraria é para o nosso time”, diz o pesquisador do IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

O Prêmio Master Cana Brasil é organizado pela Procana Brasil Centro de Informações Sucroenergéticas e homenageia profissionais ligados ao setor. Os agraciados são escolhidos com base em consulta feita junto a entidades da área e jornalistas.

O sucesso do Programa Cana IAC também é atribuído por Landell à aproximação com o setor de produção. As parcerias envolvem cerca de 175 empresas, resultando em 600ensaios de campo realizados no desenvolvimento de variedades do IAC. O resultado dessa rede de trabalho são 27 variedades de cana-de-açúcar IAC, sendo 26 para o setor sucroenergético e uma para fins forrageiros. Isso representa aproximadamente 20% das variedades lançadas no Brasil na última década.

“Ninguém trilha qualquer caminho exitoso de forma solitária. Dezenas e centenas de pessoas se juntaram a nós de forma harmônica ao longo desses anos”, resume.

Entre as tecnologias de sucesso listadas por Landell está a matriz de ambiente, os trabalhos de biotecnologia, o Terceiro Eixo e o Sistema de Mudas Pré-Brotadas (MPB), considerado pelo pesquisador como a tecnologia de maior transformação da canavicultura brasileira na última década.

Este ano, Landell já foi agraciado com a Medalha “Fernando Costa”, na categoria Pesquisa, oferecida durante a Agrishow 2018. Sua atuação na pesquisa com cana lhe rendeu 18 prêmios e homenagens, dentre eles o Prêmio Master Cana Brasil 2016, na categoria Os mais Influentes do Setor 2016.

Landell ingressou no Instituto em 1982 e ao lado dos pesquisadores do IAC, Pery Figueiredo e Mário Campana, reorganizou as pesquisas com cana-de-açúcar do Instituto, que atualmente mantém um dos mais importantes programas de melhoramento de cana do mundo.

O pesquisador é engenheiro agrônomo, graduado pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), com mestrado e doutorado pela mesma instituição. É diretor do Centro de Cana IAC desde 2002. Possui 21 capítulos de livros publicados e coordenou a publicação de dois livros. Publicou 103 artigos científicos em periódicos especializados, 84 trabalhos em anais de congresso e possui 35 produções bibliográficas.

X