Pesquisa americana reconhece a eficiência do álcool

A União da Agroindústria Canavieira de São Paulo informou que um novo estudo do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgado esta semana considerou o etanol uma fonte eficiente de energia e com papel positivo na redução da dependência norte-americana do petróleo importado. De acordo com Ann Veneman, secretária da Agricultura, a pesquisa reforça a política energética do presidente Bush, que demanda fontes renováveis de energia.

A produção norte-americana de etanol passou de poucos milhões de galões no final dos anos 70 para 1,8 bilhão de galões em 2001, estimulada pela preocupação com a segurança energética do país, as novas exigências para a gasolina e incentivos do governo. O relatório pode ser acessado pelo site http://www.usda.gov/oce.

X