Período de safra puxa nível de empregos em Pernambuco

Pernambuco registrou, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), alta de 4,4% no nível de emprego referente ao mês de agosto. O índice vai na contramão da indústria nacional que sofreu uma redução da ordem de 1,1% quando em comparação ao mesmo período do exercício anterior. O crescimento pernambucano foi influenciado pelo setor de alimentos e bebidas que subiu 10,6%. A maior parte da mão-de-obra veio do setor sucroalcooleiro em função da preparação para o período de moagem da cana-de açúcar. De acordo com a Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), são gerados cerca de 100 mil empregos por safra.

X