Pecuária intensiva e biocombustivel poderão receber incentivos

Segundo o parlamentar, essa é uma oportunidade de a pecuária ceder parte de sua área para a produção de biocombustíveis sem prejudicar a oferta de carne.

Além disso, ele acha que a proposta coincide com a preocupação mundial de ofertar alimentos, de conter a elevação da temperatura global e de reduzir a dependência do petróleo.

De acordo com Eliene, o biocombustível vai fortalecer a base agroindustrial no Brasil e aumentar a sustentabilidade da matriz energética brasileira, com a criação de empregos e ganhos ambientais importantes.

A proposta será encaminhada agora para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. As informações são da Comissão de Agricultura da Câmara.

X