Paraná terá usina integrada de biodiesel a partir de 2010

A CBEAR (Companhia Brasileira de Energias Alternativas e Renováveis) anunciou investimetos de aproximadamente € 300 milhões no Paraná, para construção de uma usina integrada de biodiesel, que usará oleaginosas como matéria-prima. O projeto prevê a produção de 600 mil toneladas de biodiesel por ano, com a geração de mais de 500 empregos diretos, a partir de 2010.

O município ainda não foi definido, mas deverá ser no Centro-Sul do Paraná. A produção de biodiesel será feita a partir da canola e girassol, culturas de entressafra nas propriedades rurais. O tungue também será usado, por ser perene e cultivado onde o solo não é aproveitado para cultivos tradicionais, como a soja.

O biocombustível será produzido no período de entressafra de culturas como milho e soja, para garantir uma fonte de renda extra ao agricultor. A produção será basicamente voltada ao mercado externo. No entanto, deverá atender ao mercado interno, caso haja demanda. A empresa afirma que esta será a maior indústria deste tipo no planeta, por reunir toda a cadeia produtiva do setor.

X