Odebrecht sucroenergética adia data de assembleia pela segunda vez

Souza, vice-presidente do Conselho de Administração da Odebrecht: nova data
Souza, vice-presidente do Conselho de Administração da Odebrecht: nova data

Newton de Souza, vice-presidente do Conselho de Administração da Odebrecht Agroindustrial, que controla usinas de cana-de-açúcar em seis polos espalhados pelo Brasil, informa: a companhia mudou do dia 18/03 para 28/03 a data de realização de Assembleia Geral Extraordinária.

É a segunda vez que a data da assembleia é adiada. Originalmente, o encontro oficial de acionistas seria promovido em 11/03.

Leia mais: Odebrecht adia data de assembleia

A assembleia é considerada estratégica porque a diretoria da Odebrecht quer aprovar o aumento do capital social da companhia no valor de R$ 2 bilhões.

Esse montante financeiro seria investido nas usinas de cana do grupo.

Leia mais: Cresce a lista de interessados na Braskem 

O aumento do capital social, conforme a proposta, será realizado mediante a emissão de novas ações ordinárias, sem valor nominal, ao preço de emissão de R$ 0,01 por lote de 1.000 ações.

Mais

Além do aumento do capital, a assembleia, conforme o vice-presidente do Conselho de Administração, também avaliará a redução do capital da companhia para absorção dos prejuízos acumulados, e, portanto, sem restituição para seus acionistas, conforme apurados em balanço com data base de 31 de dezembro de 2015.

Leia mais: Sabe quanto produziu a usina de etanol da Odebrecht na Angola?

A assembleia extraordinária está programada para a partir das 16h na sede social da companhia, na capital paulista.

 

 

 

X