Noble Group vai investir em terminal de açúcar em Santos

O Noble Group anunciou ontem um plano de construção de seu primeiro terminal graneleiro e de açúcar localizado no Brasil. O empreendimento será feito no porto de Santos (SP), o maior da América Latina.

Na América Latina, o Noble Group possui outros portos sob seu controle, situados em Timbues, na Argentina, Delta Dock, no Peru, além de Paraguai e Uruguai.

No Brasil, a multinacional, com sede em Hong Kong, possui uma usina de açúcar e álcool, além de seis armazéns no Mato Grosso e no Paraná.

O terminal terá capacidade estática de armazenagem para 90 mil toneladas de açúcar ou para 73 mil toneladas de grãos (soja ou milho) e contará com uma esteira de carregamento com capacidade para três mil toneladas/hora, o que significa que um navio tipo Panamax poderá ser carregado em menos de 48 horas.

O empreendimento ocupará área arrendada obtida por licitação pública pela Itamaraty, sócio local desta operação que possui 25% do terminal. A Noble detém 75% do empreendimento, previsto para entrar em operação em novembro de 2009. O projeto já foi aprovado pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e demais órgãos.

Outros investimentos da companhia no Brasil incluem uma planta de processamento e armazenamento de café, um terminal líquido em construção no Maranhão e um empreendimento de adubos que irá fortalecer as operações de intercâmbio de grãos e outros produtos locais como açúcar, café e algodão.

X