“Não depende de nós”, diz presidente da Biosul sobre retomada

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

img4742

A expectativa de quem tira seu sustento do setor sucroenergético é de que em 2013 o “trem da cana” retome seu trilho. Isso porque no último ciclo diversos problemas relacionados a políticas públicas, clima e também condições demográficas, tornaram a situação dos trabalhadores ainda mais difícil.

Para Roberto Hollanda Filho, presidente da Biosul – Associação dos Produtores de Bioenergia do Estado de Mato Grosso do Sul, o problema vai além. “A recuperação só acontecerá de fato com a implementação de políticas públicas. Não depende de nós. O setor tem feito sua parte”. O representante cita ainda que, mesmo a falta de apoio, o segmento continuará trabalhando por dias melhores. “Temos investido nos canaviais e em novas tecnologias. Nós já fizemos nossa parte, continuamos fazendo e faremos ainda mais”.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.