Movimentação no Porto de Santos é recorde em abril

A movimentação pelo Porto de Santos (SP) atingiu 9,75 milhões de toneladas em abril, 3,1% mais na comparação anual e o quarto recorde mensal de 2016.
Nos quatro primeiros meses do ano, foram movimentadas 37,51 milhões de toneladas, 4,7% acima de igual momento de 2015. O complexo soja (grãos e farelos) liderou as vendas externas pelo terminal em abril, com 40,4% do total movimentado. Foram 3,94 milhões de toneladas.

O segundo produto de maior movimentação foi o açúcar, com 893,8 mil toneladas exportadas (+14,9%). Na sequência aparece a celulose, com 294,6 mil toneladas (+12%). Também é destaque o embarque de cargas diversas não especificadas, que registrou aumento de 2,2% em relação a abril de 2015, com 1,61 milhão de toneladas.

Com isso, as exportações em abril marcaram o melhor resultado para um mês do 1º semestre no Porto de Santos, atingindo 7,42 milhões de toneladas, 8,8% mais que o resultado de abril de 2015, que tinha sido de 6,82 milhões de toneladas.

Nas importações, houve queda de 11,8%, para 2,32 milhões de toneladas. O produto com maior participação foi o adubo, com 171,9 mil toneladas movimentadas (+50,1%). O enxofre foi a segunda mercadoria em movimentação, com 115,8 mil toneladas (-23,8%), seguido do trigo, com um total de 105,2 mil toneladas desembarcadas (+152%).

Acumulado em 2016

O primeiro quadrimestre de 2016 registrou 37,51 milhões de toneladas, resultado recorde para o período. O crescimento em relação aos quatro primeiros meses de 2015 foi de 4,7%.

As exportações chegaram a 28,20 milhões de toneladas, um crescimento de 12,8% em relação a 2015. O complexo soja, com um crescimento de 27,3%, foi o produto mais exportado, com 10,89 milhões de toneladas, seguido de açúcar (4,32 milhões t) e milho (2,21 milhões t).

As importações no período chegaram a 9,31 milhões de toneladas, queda de 14% em relação a 2015. O produto com maior movimentação no período foi o adubo, com 725 mil toneladas e crescimento de 52,2%. Em segundo ficou o enxofre, com 441,6 mil t, 31,2% menos em relação ao acumulado de 2015.

O movimento de contêineres registrou queda de 9,1% no acumulado do ano, com 1.085.045 TEU em 2016 contra 1.194.260 TEU em 2015. Em abril, a redução foi de 12,1% (260.160 TEU em abril de 2016 ante 296.001 TEU em 2015).

O fluxo de navios registrou queda no mês passado e no resultado acumulado. Foram 381 atracações em abril de 2016 contra 422 em igual mês do ano passado. No acumulado, 2016 registra até abril 1.594 atracações, contra 1.718 no ano passado.

Fonte: (Estadão Conteudo)

X