Montadoras apostam no bicombustível

A Fiat também está com seu modelo movido a álcool e gasolina em andamento. A montadora já até mostrou para alguns órgãos de imprensa o Palio Flex Fuell, que deverá chegar ao mercado no próximo mês. O modelo tem o mesmo princípio de funcionamento do Gol Total Flex e será mais uma opção para quem quer ter a chance de escolher o combustível que vai no tanque do carro.

Segundo a Fiat, o Palio 1.3 Flex Fuell tem potência que varia de 70 a 71 cv, dependendo do combustível usado. Quanto mais álcool, mais força. A tecnologia chamada de Flex Fuel mostrou bons resultados nos dois carros, qualquer que seja o combustível usado.

É importante não confundirmos o chamado “rabo de galo”, que vem sendo feito por motoristas, enchendo o tanque do carro com gasolina e álcool meio a meio: o Flex Fuel envolve mudanças que permitem isso.

Em relação ao carro a gasolina, as alterações são basicamente nos pistões, no sistema de injeção e no percurso do combustível – do tanque até os bicos injetores, são usados componentes com resistência à corrosão do álcool.

Outras montadoras, principalmente a Ford e GM, já estão com seus carros Flex Fuell em andamento.

X