Moagem de cana-de-açúcar medida até janeiro supera em 2,63% safra anterior

Agência Brasil

Com a safra praticamente encerrada, foram moídas nas usinas da região centro-sul 556,19 milhões de toneladas de cana-de-açúcar até o dia 31 de janeiro, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (10) pela União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica).

Já o crescimento da produção de açúcar foi de 16,86%, com a fabricação de 33,4 milhões de toneladas do produto. O etanol registrou um aumento de 7% na produção, com 25,34 bilhões de litros. Como apenas sete destilarias ainda estão trabalhando, esses números já são considerados como finais para a safra.

O crescimento na produção foi possível devido à melhora da qualidade da matéria-prima medida pela quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de cana. Na safra 2009/10, esse parâmetro foi de 130,23 quilogramas (kg) por tonelada. Nesta, houve um aumento de 8,44%, o que significou 141,22 kg de ATR por tonelada.

O percentual destinado à fabricação de etanol ficou em 55,27%, contra 57,41% da safra anterior. Em janeiro, as vendas do combustível ficaram 14,76% abaixo do volume de dezembro, totalizando 1,89 bilhão de litros. Segundo a Unica, a queda é normal no período de entressafra.

As vendas de etanol atingiram 21,92 bilhões de litros, contra 22,28 bilhões de litros em igual período da safra passada.

X