Moagem de cana cresce até o fim de novembro no Centro-Sul

A colheita de cana-de-açúcar no Centro-Sul está em ritmo acelerado na safra 2008/09, como reflexo do clima favorável durante a segunda quinzena de novembro.

Durante a segunda quinzena de novembro, as usinas processaram 30,23 milhões de toneladas de cana, um aumento de 45,62% sobre igual período da safra passada, segundo levantamento da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica). No acumulado da safra, o volume moído totaliza 468,63 milhões de toneladas de cana, 12,31% acima do acumulado na safra anterior no mesmo período.

Com base nas condições climáticas favoráveis e o número de unidades que continuam em operação, a Unica projeta uma moagem 487 milhões de toneladas durante esta safra. “Algumas usinas vão continuar a moagem em janeiro, se o clima permitir”, disse Antonio de Padua Rodrigues, diretor-técnico da Unica.

Até o dia 30 de novembro, 43 unidades produtoras haviam encerrado a moagem nessa safra, contra 99 unidades em 30 de novembro de 2007. Nesta safra, 29 novas unidades iniciaram suas operações. Essas unidades responderam por 3,2% da cana esmagada até o final de novembro de 2008.

No acumulado da safra, a produção de açúcar alcançou 25,36 milhões de toneladas, volume 1% menor que em igual período do ciclo passado.A oferta de etanol totalizou 23,08 bilhões de litros, 18,14% acima sobre igual período da safra passada.

As exportações durante abril e novembro somaram 3,68 bilhões de litros, enquanto o total distribuído para o mercado interno foi de 13,67 bilhões de litros. A Unica prevê embarques de 4,2 bilhões de litros de etanol do Centro-Sul. As vendas para o mercado interno deverão ficar em torno de 20 bilhões de litros.

X