Mix de produção no Centro-Sul registra 46,10% para açúcar

Do volume total de cana processado pelas usinas do Centro-Sul na última quinzena de outubro, 46,10% destinou-se à fabricação de açúcar, percentual superior aos 42,01% registrados na quinzena anterior. O aumento da concentração de açúcares na matéria-prima nos últimos quinze dias do mês justifica esse aumento no mix de produção para açúcar.

No entanto, diretor técnico da Unica (União da Indústria de Cana-de-açúcar), Antonio de Padua Rodrigues, dificilmente se observará um mix favorável ao açúcar nas próximas quinzenas. A queda no valor do ATR cana verificada nos primeiros quinze dias de novembro já antecipa a dificuldade técnica para maximizar a produção de açúcar neste término de safra, ainda que os preços sejam convidativos, conclui o executivo.

Do total de cana-de-açúcar processada do início da safra até 1 de novembro, a proporção destinada para a fabricação de açúcar totalizou 44,94% e, para etanol, 55,06%.

Na segunda quinzena de outubro, a produção de açúcar totalizou 1,93 milhão de toneladas, contra 1,50 milhão na quinzena anterior e 1,97 milhão nos últimos quinze dias de setembro. Já a produção de etanol somou 1,38 bilhão de litros, dos quais 915,90 milhões de litros referem-se ao etanol hidratado e 464,17 milhões de litros ao etanol anidro.

No acumulado desde o início da safra, a produção de açúcar atingiu 30,54 milhões de toneladas, 23,92% acima do volume observado na safra 2009/2010 (24,65 milhões de toneladas). Já a produção de etanol aumentou em 18,62% no período, alcançando 22,95 bilhões de litros, sendo 16,63 bilhões de etanol hidratado e 6,32 bilhões de litros de etanol anidro.

X