Ministra da Agricultura mantém apoio ao setor sucroenergético

Hollanda, presidente da Biosul, a ministra Tereza Cristina e o conselheiro da entidade Werner  Semmelroth (Foto: Divulgação)

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, mantém-se disposta a continuar no apoio ao setor sucroenergético.

A afirmação é de Roberto Hollanda Filho, presidente da Associação de Produtores de Bioenergia do Mato Grosso do Sul (Biosul), que esteve com a titular da pasta da Agricultura.

O encontro foi na manhã de quinta-feira (31/01) no gabinete de Teresa Cristina, em Brasília.

“A ministra foi receptiva e nos recebeu com a atenção de sempre, disposta a dar continuidade no apoio ao setor sucroenergético”, destaca Hollanda Filho.

No encontro, segundo ele, foram tratadas questões relevantes para o fortalecimento do setor sucroenergético.

Leia também:

Elizabeth divulga mensagem de despedida da presidência da Unica

Biosul

A Biosul é a entidade que representa a indústria sucroenergética do Estado. Foi criada em 2008, com perfil voltado para o associativismo, substituindo a estrutura sindical formada pelo Sindal-MS, Sindaçúcar-MS e Sinergia-MS (Sindicatos das Indústrias de Fabricantes de Álcool, de Açúcar e de Geração de Energia Elétrica de Pequeno e Médio Porte).

Atualmente, todas as usinas em operação em Mato Grosso do Sul estão associadas à Biosul.

X