Meta de produção extra de álcool será cumprida

Dever cumprido. É o que indica a nova estimativa de safra divulgada ontem pela direção da União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica) em relação ao compromisso assumido, em fevereiro deste ano com o governo federal, de produzir 1,5 bilhão de litros a mais de álcool na safra em andamento 2003/04.

Segundo as mais recentes projeções, a produção de álcool deverá alcançar 12,65 bilhões de litros, volume 13% acima do produzido na safra passada, de 11,15 bilhões de litros.

Ainda, segundo o novo levantamento, a formação de estoque em 1º de maio era da ordem de 650 milhões de litros, 300 milhões de litros a mais em relação à safra 2002/03, afastando o risco de desabastecimento e eventual importação do produto. Os dois motivos levaram o governo e usineiros, em fevereiro deste ano, a selar o acordo de antecipação da safra e garantia de produção extra do combustível.

O presidente da Unica, Eduardo Pereira de Carvalho, lembra o cumprimento dos compromissos assumidos com o governo federal: produção antecipada de 600 milhões de litros em abril; contenção do aumento de preços (teto de R$ 0,90 para o litro do álcool hidratado e de R$ 1,00 para o anidro); e produção adicional de 1,5 bilhão de litros de álcool na safra.

Segundo o setor, o aumento na oferta de álcool foi projetado com base na demanda mensal pelo combustível que é da ordem de 1 bilhão de litros e ainda no chamado estoque de passagem, volume necessário para atender à demanda durante o fim de uma safra (novembro) e início da outra (maio). “É importante ainda ressaltar que o governo cumpriu sua parte, tanto no restabelecimento da mistura de 25% do álcool na gasolina como na liberação de recursos para financiamentos dos estoques durante a safra”, disse Carvalho. O plano de safra, divulgado na semana passada, prevê a liberação de R$ 500 milhões suficientes para armazenar 700 milhões de litros de álcool.

Cana e açúcar

A produção de cana-de-açúcar deve ficar em 287,9 milhões de toneladas, 2,1% superior a primeira estimativa de 282,3 milhões de toneladas, e 6,54% acima da safra passada, de 270,3 milhões de toneladas. Por sua vez, a produção de açúcar deve ficar em 18,1 milhões de toneladas, 3,62% abaixo da produção da safra 02/03. Os dados referem-se à produção da chamada região Centro-Sul, que responde por 70% da produção nacional.

X