Mercados punem Brasil injustamente, diz comissário da UE

O Comissário de Comércio da União Européia (UE), Pascal Lamy, afirmou nesta quarta-feira que o Brasil está sendo punido injustamente pelos mercados financeiros.

“Os mercados financeiros estão exagerando em relação ao Brasil. Eles estão injustamente penalizando um país que nos últimos 10, 20 anos fez um enorme progresso na estabilização da democracia e na contenção da inflação”, disse ele a uma rádio francesa.

“Seu progresso econômico tem sido notável e, por ainda ser classificado de mercado emergente, é punido.” (UOL)

X