Mercado para açúcar continua baixista

Os preços do açúcar no mercado interno continuam em queda, como reflexo do desempenho de Nova York e o avanço da safra de cana no Centro-Sul do país.

Levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostra que a comercialização do produto ficou lenta entre os dias 5 e 11 junho, com as indústrias comprando da mão para boca, tendência observada há mais de 30 dias.

A saca de 50 quilos do açúcar fechou a R$ 26,31, média da semana passada, com queda de 2,3% sobre a semana anterior, segundo o Cepea. A paridade mantém-se favorável ao açúcar do mercado interno em 19%. Contudo, os negócios domésticos estão travados, sem liquidez, o que tem estimulado as exportações.

No mercado internacional, a demanda continua enfraquecida, com os principais importadores mundiais recuados, o que não tem dado sustentação aos preços.

Mercado para açúcar continua baixista

Os preços do açúcar no mercado interno continuam em queda,

como reflexo do desempenho de Nova York e o avanço da safra

de cana no Centro-Sul do país.

Levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em

Economia Aplicada (Cepea) mostra que a comercialização do

produto ficou lenta entre os dias 5 e 11 junho, com as

indústrias comprando da mão para boca, tendência observada há

mais de 30 dias.

A saca de 50 quilos do açúcar fechou a R$ 26,31, média da

emana passada, com queda de 2,3% sobre a semana anterior,

segundo o Cepea. A paridade mantém-se favorável ao açúcar do

mercado interno em 19%. Contudo, os negócios domésticos estão

travados, sem liquidez,o que tem estimulado as exportações.

No mercado internacional, a demanda continua enfraquecida,

com os principais importadores mundiais recuados,o que não

tem dado sustentação aos preços.

X