Mercado espera que Copom baixe os juros

O mercado deve reabrir embalado pelas expectativas de queda de juros e de consolidação da candidatura governista que alimentaram a ligeira recuperação das perdas em Bolsa na semana passada. A alta volatilidade que tem caracterizado a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), entretanto, deve continuar até as eleições, segundo analistas. Desde quinta-feira o mercado especula sobre a possibilidade de o Banco Central cortar a taxa básica de juros, a Selic, hoje em 18,5% ao ano, antes da próxima reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), marcada para os próximos dias 16 e 17. A elevação da meta de inflação para 2003 _de 3,25% para 4%_ e a fixação da de 2004 em 3,75%, além do alargamento da banda de oscilação para 2,5 pontos percentuais, feitas pelo Conselho Monetário Nacional, impulsionaram a correção dos preços. (Folha de SP)

X