Mercado brasileiro inspira usina da Bolívia

IMG_20160826_144240004
Wilson Escobar Morato

O mercado sucroenergético do Brasil é fonte de inspiração e pesquisa para usinas da Bolívia, segundo o engenheiro Wilson Escobar Morato, da Usina Guabira. Pela primeira vez no Brasil, através do Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution, parceria entre o Arranjo Produtivo Local do Álcool (Apla) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o engenheiro contou que a cada ano a usina envia representantes ao país em busca de inovações positivas. “Sempre há uma novidade para aprender aqui”, disse.

Nos últimos anos a usina passou por ampliações em todas as áreas, aumentou a capacidade de produção de açúcar, álcool e  expandiu as instalações de bioenergia da usina. Este ano o foco foi checar inovações em equipamentos.

Na Bolívia não há regulamentação para a produção de etanol, por isso a usina ainda não manifestou interesse na produção. Entretanto, já produzem em pequena escala para teste.

A produção anual de açúcar da usina é de 3,5 milhões de toneladas de açúcar, representando 40% da demanda nacional.

X