Menor oferta sustenta cotações do álcool; açúcar segue estável em SP

Os preços do álcool combustível seguem firmes no mercado interno, com o suporte pelos baixos volumes ofertados pelas usinas, segundo levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Na semana encerrada no dia 26 de setembro, o litro do álcool anidro encerrou em média de R$ 0,9239 (sem impostos), com alta de 1,77% sobre a semana anterior. O litro do hidratado fechou com média de R$ 0,7655 (sem impostos), alta de 0,88%.

As usinas estão limitando a oferta, priorizando os contratos antecipados, mesmo com a necessidade de vendas do fim de cada mês para cobrir despesas de folha de pagamento. Mas a alteração em breve da cobrança do PIS/Cofins levou algumas usinas a limitar as negociações, segundo informou o Cepea.

Já para o açúcar, os preços estão estáveis no mercado interno, considerando que não há grandes variações na oferta e na demanda. Ontem, dia 2 de outubro, a saca de 50 quilos fechou a R$ 31,08, segundo o índice Cepea/Esalq. Segundo o Cepea, algumas usinas estão estocadas e sem necessidade de caixa. Outras que estão com estoques contratados apenas mantiveram as entregas. Para as unidades mais ativas no mercado físico, ou spot, os preços foram sendo ajustados conforme a logística.

X