Menor oferta de álcool no mercado interno

Com a maior utilização da cana-de-açúcar para a produção de açúcar destinada ao mercado internacional, a oferta de álcool no País está mais restrita, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Além disso, parte dos empresários do setor decidiu fazer estocagem estratégica de álcool para exportar o produto.

Reflexo destas medidas é a recuperação dos preços do álcool no mercado interno. O interesse de compra das distribuidoras, porém, se mostra pequeno e o volume de negócios realizados é baixo. O acordo entre tradings e usinas para exportar 1 bilhão de litros de álcool foi concluído, segundo fontes do setor. A expectativa é de que sejam embarcados 600 milhões de litros do produto brasileiro nesta safra, 30% acima do exportado na anterior.

Exclusiva29-7

X