Mecanização fez produtividade da cana cair mais de 10%, diz representante da SBPC

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Foto: Unica/Divulgação

A mecanização fez a produtividade da cana-de-açúcar cair mais de 10% após o abandono das técnicas tradicionais de cultivo. A afirmação é de Gonçalo Amarante Guimarães Pereira, representante da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em audiência pública no Senado Federal realizada em 28/11/17.

Segundo Pereira, a mecanização do cultivo de cana-de-açúcar é uma das áreas que deverão demandar importantes desenvolvimentos tecnológicos nos próximos anos.

O representante da SBPC considerou o setor de produção de biocombustíveis como um dos mais promissores a serem desenvolvidos.

Caso o Brasil utilize metade dos 200 milhões de hectares destinados atualmente a pastagens, em sua maioria degradadas, na avaliação de Gonçalo Amarante, poderá expandir sua produção de etanol a ponto de ter condições de substituir o consumo mundial de gasolina.

“Se em vez de produzirmos etanol de 1ª geração produzirmos etanol de 2ª geração com cana-de-açúcar, uma conta simples mostra que se dedicarmos a metade desta área de pastagem para esta produção, conseguiremos substituir o consumo global de gasolina”, disse.

Otimismo

Participantes da audiência no Senado em 28/11 (Roque de Sá/Agência Senado)

A audiência pública reuniu representantes da comunidade científica e foi promovida pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado.

O debate, sugerido pelo presidente do colegiado, senador Ivo Cassol (PP-RO), faz parte da avaliação da Política de Pesquisa Agropecuária, escolhida para ser analisada pela comissão em 2017.

Conforme a avaliação dos participantes, a agricultura nacional poderá experimentar um forte crescimento nas próximas décadas, desde que sejam feitos os investimentos necessários em ciência e tecnologia.

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.