Mato Grosso ganhará centro de biocombustível de R$12 milhões

A reitora Maria Lúcia Cavalli Neder assinou ontem (01), em Brasília, convênio no valor de R$ 12 milhões, para a instalação do Centro Interdisciplinar de Biocombustíveis em Mato Grosso, sob a coordenação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). São R$ 8 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e R$ 4 milhões da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Secitec), que beneficiarão as duas universidades públicas de Mato Grosso. ´´Grupos de pesquisa da UFMT e da Unemat farão parte desse Centro“, diz o coordenador do projeto, professor Paulo Teixeira de Sousa Júnior.

“É um programa de grande envergadura, que permitirá, durante três anos, pesados investimentos em obras e equipamentos visando à melhoria de todas as etapas da cadeia produtiva do biodiesel e à formação de recursos humanos nessa área”, completa. Os recursos serão liberados para execução em 2009.

Desde 2002 a UFMT atua fortemente em Mato Grosso no desenvolvimento de tecnologia em Biodiesel; por iniciativa da instituição foi criado o Programa de Biocombustíveis no Estado e já foram realizados três importantes eventos nessa área, cita Teixeira, que elaborou o projeto do Centro Interdisciplinar de Biocombustíveis. Na UFMT diversos grupos de pesquisa trabalham produzindo conhecimento em diferentes campos, desde a produção química, passando pelo controle de qualidade, testes em motores e uso de tortas resultantes da extração do óleo como ração animal, como forma de aproveitamento de subproduto.

X