Maior oferta pressiona cotações do álcool combustível

O aumento de oferta pressionou os preços do álcool combustível no mercado paulista. Na sexta-feira, o litro do hidratado encerrou a R$ 0,7376 (sem impostos), com recuo de 3,37%. O anidro encerrou a R$ 0,9203 (sem impostos) o litro, com queda de 1,34%, segundo levantamento semanal do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Segundo a consultoria Safras&Mercado, o consumo do etanol, apesar de ainda estar aquecido, tem sido minimizado nos compradores do atacado, afunilando a oferta, e derrubando os preços para patamares mais baixos em relação aos níveis pretendidos pelas usinas. Os preços têm caído com razoável intensidade, mas sem formação de grandes lotes negociados.

O dólar mais alto, e que chegou a R$ 2,16, não está conseguindo puxar o interesse para exportação de etanol, já visando 2009, de forma consistente, visto que os preços do anidro e do hidratado despencaram no mercado internacional, com o recuo dos preços do petróleo e da gasolina.

X