Luta pelos cultivadores de cana

Nascido em 11 de julho de 1943 e natural da Zona da Mata Sul pernambucana, Gerson Carneiro Leão esteve em contato com a atividade canavieira desde menino. Filho de famílias produtoras de cana, começou na lavoura aos 18 anos, levado por seu pai. Atualmente, exerce o mandado de presidente no Sindicato dos Cultivadores de Cana-de-açúcar de Pernambuco (Sindicape), estando à frente do órgão há mais de 20 anos para defender os interesses dos canavieiros.

Carneiro Leão entrou para a vida sindical após arrendar uma propriedade da Usina Ipojuca em 1966, na época de agricultor. E, no ano de 1970, foi nomeado delegado do município de Ipojuca, no litoral do estado. Após 16 anos, foi eleito presidente do Sindicape, permanecendo até hoje. Durante todo esse período, ficou afastado do cargo por apenas três anos, voltando a assumir a presidência em 2004.

No decorrer da sua trajetória na instituição, criou o departamento jurídico trabalhista, criminal e cível, este último, defendendo o agricultor para que nenhuma instituiçãode crédito tome patrimônio dos agricultores. Além do Sindicape, Gerson Carneiro Leão assumiu vários cargos importantes, para lutar ainda mais e expor a situação dos produtores rurais. ´Era amigo do ex-governador Miguel Arraes e fui convidado por ele para fazer parte do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social de Pernambuco`, conta.

Como conselheiro, conseguiu liberar recursos para compra de fertilizantes para pequenos e médios produtores. Batalhador incansável, coordenou vários movimentos em defesa de Pernambuco. Foi nomeado, no ano passado, presidente da Comissão Nacional de Cana-de-Açúcar da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). ´A luta não é só pelo Nordeste, mas por todos os cultivadores de cana do país. A minha bandeira será sempre em defesa do setor canavieiro`, afirmou.

Sindicape

Com sede atual no bairro da Imbiribeira, no Recife, a instituição foi fundada em março de 1963. Contando com cinco delegacias instaladas nos municípios de Ribeirão, Escada, Nazaré da Mata, Vicência e Itambé, é o único sindicato representativo da classe do Brasil, abrangendo 52 municípios da zona canavieira de Pernambuco. ´Somos filiados à Federação da Agricultura de Pernambuco (Faepe) e à CNA e representamos 15 mil produtores rurais, uma grande responsabilidade, mas trabalhamos todos os dias para cumprir o papel de apoio aos trabalhadores, esclarece Gerson Carneiro Leão.

Aos seus associados, presta assistência jurídica gratuita e extensiva aos seus familiares. Durante sua trajetória, o Sindicape elaborou diversos programas visando a reestruturação da atividade canavieira dos cultivadores, como os projetos Agropolo Socioeconômico e Ambiental da Cana-de-açúcar, Açúcar de PE, Novas Destilarias Cooperadas para o Estado de Pernambuco, Mudas Sadias, Garantia de Emprego na Entressafra e Valorização dos Recursos Hídricos.

X