Lula inaugura termelétrica da Santa Elisa

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, inaugurou hoje pela manhã, na Cia. Energética Santa Elisa – CESE, em Sertãozinho/SP, a termelétrica de 60 MW de potência instalada.

Os ministros Roberto Rodrigues, da Agricultura; Dilma Rousseff, das Minas e Energia; José Graziano, da Segurança Alimentar e Combate à fome, autoridades políticas, representantes do setor sucroalcooleiro prestigiaram o evento.

O presidente se sente à vontade com o setor. “Durante a campanha havia prometido apoiar o setor, promover o álcool e sua tecnologia.O companheiro Palocci e o amigo José Pessoa, estão me apoiando nesse objetivo”, disse Lula.

A maneira que Lula encontrou para apoiar o setor é recuperar o álcool no país. “Em breve os países do primeiro mundo, por uma questão ambiental, terão que comprar álcool para mistura na gasolina e poderemos ganhar essa fatia do mercado e produzir até o dobro de etanol”, lembra.

A termelétrica a partir de biomassa, é suficiente para iluminar uma cidade do porte de Ribeirão Preto, com 500 mil habitantes, e exigiu investimentos de aproximadamente de R$ 50 milhões dos quais R$ 35 milhões foram financiados pelo BNDES.

O projeto da termelétrica contemplou a instalação de uma das maiores caldeiras, fabricada pela Sermatec, uma das maiores indústrias de base de Sertãozinho.

Serão gerados 30 MW para consumo próprio e outros 30 MW cogerados para venda à CPFL. Para gerar a energia a CESE vai processar diariamente 35 mil toneladas de cana, produzir 1,5 milhão de litros de álcool e 40 mil sacos de 50 kg de açúcar e 7 mil toneladas de bagaço.

X