LDC incorpora Giasa e discute contrato com fornecedores

O grupo francês LDC (Louis Dreyfus Commodities) incorporou a usina Giasa, de Alagoas, que pertencia ao Grupo Tavares de Melo. A unidade é uma das 23 fábricas de açúcar e etanol do estado. Com a aquisição, produtores canavieiros passaram a questionar cláusulas do contrato de fornecimento de cana elaborado pela Giasa.

Produtores ligados à Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) querem mudanças na cláusula do contrato que utiliza a nomenclatura “fornecedor de cana” ao invés de “vendedor de cana”. Outro questionamento diz repeito ao período de vigência do modelo ciclo de três anos para safra anual. Os fornecedores tambémquerem que o Fórum Jurídico ocorra na região em que atuam os fornecedores.

Em reunição realizada no final de outubro, representantes dos produtores e da usina Giasa discutiram as boas práticas, exigidas pela NR 31 (Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), destacada pelo engenheiro de Segurança do Trabalho da Giasa, Pedro Soares.

X