La Niña prevê chuvas acima da média no Nordeste

chuvas fortesA safra de cana-de-açúcar da região Norte-Nordeste do país deverá ser impactada por chuvas acima da média entre dezembro próximo e fevereiro de 2017, período considerado pico de moagem de cana da safra 2016/17.

A previsão de incidência pluviométrica acima da média consta de estudo da comercializadora Comerc Energia. Segundo a empresa, a água do Oceano Pacífico está com temperaturas abaixo da média, forte característica do fenômeno.

Confira: Especialista em agrometeorologia descarta novas geadas

No Brasil, o fenômeno favorece um volume de chuvas acima da média no Norte e no Nordeste entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017.

Nas regiões Sul e Sudeste, conforme a Comerc, a tendência é contrária, com chuvas abaixo da média histórica para o período.

Segundo a Comerc, o cenário já é verificado desde a semana entre o fim de julho e início de agosto, porém, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) e o Operador Nacional do Sistema (ONS), é necessário que a situação perdure por cerca de três meses para que o La Niña seja oficializado, possivelmente em outubro.

X