InpEV discute reciclagem de embalagens de agrotóxicos

O coordenador de operações do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV), Luis Mazzon, ministrou uma palestra sobre descarte e processamento de embalagens de defensivos agrícolas, durante o Encontro de Sustentabilidade em Cana-de-açúcar, realizado no dia 13 de novembro, em Piracicaba, SP.

O descarte e processamento das embalagens são atividades de essencial contribuição para o setor. O InpEV é referência mundial por recolher anualmente 95% do total das embalagens de defensivos agrícolas vendidos em 2008.

“A partir das embalagens recicladas são produzidos condutos, caixas de papelão e outros produtos que podem ser consumidos pelo mercado”, disse Mazzon. Ele reforça ainda que o Brasil é uma referência global e líder em destinação de embalagens de defensivos.

O trabalho de devolução tem sido estimulado pela empresa química Basf em projetos de parceria, como o Compromisso Cooperar – Devolução 100%, feito em conjunto com a Coplacana (Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo).

Na busca pela conscientização do produtor, são transmitidas informações sobre a importância da devolução das embalagens. Há inclusive coletas itinerantes, enfatizando os cuidados com o manuseio. O programa já contabilizou mais de 40 toneladas coletadas.

X