Inovações na produção de etanol de cana e de milho é tema de palestra

Foto: Divugalção/Sistema Faep

Com o crescimento da produção de etanol de milho no Brasil (a estimativa é que a essa produção acrescente 1 bilhão de litros de capacidade no país até 2019), conhecer o que há de mais moderno em tecnologia para a produção desse tipo de biocombustível torna-se relevante. O assunto será abordado pelo engenheiro químico Paulo Barci no 6º CURSO DE PROCESSOS, FERMENTAÇÃO E PRODUÇÃO DE ETANOL que acontece no dia 06 de junho, promovido pela Procana Sinatub.

Em sua apresentação, Barci falará sobre as mais recentes inovações tecnológicas na área de  Destilação, Desidratação e Aproveitamento de vinhaça, com ênfase em economia energética.

“O tema etanol de milho é de interesse geral no setor sucroenergético, principalmente nos tempos atuais, onde os produtores de açúcar e álcool a partir de cana passam também a produzir etanol de milho em paralelo”, afirma o engenheiro químico.

Leia mais: Especialistas vão apresentar as principais novidades em processos, fermentação e produção de etanol

O curso tem como objetivo apresentar casos e informações relevantes sobre avanços técnicos e inovações tecnológicas nas áreas de processos, tratamento de caldo, filtragem, fermentação, destilação, desidratação e tratamento de vinhaça, visando o máximo aproveitamento da matéria-prima e de energia, redução de custos, melhorias na qualidade e otimização da produção de açúcar e etanol, apresentadas e discutidas por gestores de usinas e especialistas da área.

 

O que mais será abordado no curso:

 

– Fermentação: A Evolução Tecnológica

Jaime Finguerut, diretor do ITC – Instituto de Tecnologia Canavieira

 

– Case Usina Uberaba – Alta Eficiência na Produção de Etanol

Vicente Tadeu Machado, gerente industrial da Usina Uberaba

 

– Equilibrando e Controlando o Processo Industrial

– A importância do Balanço de Massa e Vapor

– Equilibrando o Processamento Industrial

– Controlando as Perdas de Açúcar no Processamento

Guilherme Leira Filho, diretor da Support Engenharia, Assessoria e Consultoria

 

– Algoritmos Inteligentes aplicados a Processos Fermentativos 

Douglas Castilho Mariani, engenheiro químico e consultor da Soteica

 

– Tratamento de Caldo – Fazendo o que deve ser feito (aceitou)

José Ieda Neto, diretor da Ieda Neto – Engenharia e Consultoria Industrial

 

– Tratamento do Caldo – Pequenos detalhes que fazem grandes diferenças na qualidade dos produtos

– Detalhes Importantes do Tratamento físico

– Detalhes Importantes do Tratamento térmico

– Detalhes Importantes do Tratamento químico

– Porque não se deve negligenciar a retenção nos filtros

Alberto Shintaku, diretor técnico adjunto do ITC – Instituto de Tecnologia Canavieira

 

– Controle Avançado para Eficiente Controle do PH

Antonio Capoia, diretor da SensyCal

 

– Economia de vapor em destilarias e geração de energia

Thales Velho Barreto, diretor da Velho Barreto & Associados Consultoria e Projetos

 

– Algoritmos Inteligentes aplicados a Operação de Colunas de Destilação 

Weliton Scarabotto Moor, engenheiro químico da Soteica

 

Processos Integrados em Destilação, Desidratação e Concentração de Vinhaça

Paulo Barci, diretor da Etech Engenharia

 

Saiba mais informações no site www.sinatub.com.br ou clicando aqui.

 

X