Índia irá aumentar subsídio sobre importação de açúcar

dsc_0861-nef-cu-br-tfm-port-le-sh-100-dpi Governo indiano irá aumentar o imposto sobre importação de açúcar bruto para evitar que açúcar estrangeiro invada mercado doméstico, além de estender o subsídio às exportações, de acordo com a Bloomberg. O aumento é uma tentativa de sanar a dívida de 1,83 bilhões de dólares das usinas indianas com os agricultores, disse o Ministro Ram Vilas Paswan. A tarifa sobre as importações terá um acréscimo de 40% a partir dos 15% e as 3.300 rúpias por tonelada sobre as exportações de açúcar bruto continuarão até setembro, disse Paswan a repórteres em Nova Deli. Além disso, o governo pretende aumentar a mistura de etanol à gasolina para 10% assim que as dívidas forem pagas.

A Índia anunciou o subsídio para exportação do açúcar bruto em fevereiro, para ajudar as usinas endividadas e também por causa do excesso nos estoques, que estavam em seu maior nível em cinco anos, enfraquecendo os preços internos. As exportações desaceleraram depois que os preços locais subiram acima das taxas mundiais, afastando potenciais importadores. O aumento do imposto sobre importação irá impulsionar os preços do açúcar no mercado doméstico indiano, como é de se esperar. O governo também vai tornar acessível cerca de 44 bilhões de rúpias em empréstimos sem juros, para pagar dívidas de agricultores, de acordo com um funcionário do governo, que pediu para não ser identificado.

X