Guarani moeu 18,4 milhões de toneladas na última safra

img4639

A Guarani realizou em dezembro, em Barretos, sua reunião de encerramento da safra 2012/13, que contou com a presença de cerca de mil produtores agrícolas.

Durante a abertura do evento, Jacyr Costa Filho, diretor-presidente da Guarani, afirmou que para garantir o crescimento do setor energético é preciso atuar em duas frentes. “Devemos mostrar para a sociedade e ao governo os benefícios e a importância econômica e social do etanol. Para isso, devemos apoiar lideranças como Elizabeth Farina – presidente da Unica – e Ismael Perina – presidente da Orplana. Também devemos reduzir os custos de produção e elevar a produtividade”.

O Grupo encerrou a safra 2012/13 com aumento de 17% no processamento da matéria-prima em relação ao período anterior, chegando a 18,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, sendo produzidos 1,6 milhão de toneladas de açúcar e 700 milhões de litros de etanol. De acordo com Jaime Stupiello, diretor Agrícola da Guarani, o crescimento foi sustentado pela tecnologia empregada nos canaviais da Companhia e dos agricultores parceiros.

X