Grupo COFCO desiste de comprar novas usinas no Brasil e foca em ampliar moagem

O grupo chinês COFCO Agri, detentor de quatro usinas no Brasil, informou recentemente que abortou de seus planos adquirir novas unidades produtoras no Brasil. Ao site 4-traders, Marcelo de Andrade, presidente da COFCO Agri, com sede em São Paulo, disse que a empresa havia analisado possíveis compras de usinas mas decidiu abortar quaisquer negócios. “No momento, não estamos procurando novas usinas para adquirir, mas trabalhamos intensamente para cumprir ao máximo nossa atual capacidade de moagem”.

Segundo dados apurados pelo Infocana, o grupo encerrou a moagem da safra 2016/17 em suas quatro usinas no Brasil totalizando 14,5 milhões de toneladas, o resultado representa alta de 22% em relação à safra passada, quando o grupo processou 11,9 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

 

 

Dívida global

Muito embora, o braço açucareiro do grupo chinês no Brasil vá bem, a controladora pode ter abortado seus planos de aquisição de novos ativos também por conta de sua dívida e posição de caixa global. Os dados de seus resultados mais recentes mostram que a dívida total do grupo aumentou para 51,88 bilhões de yuans (5,96 bilhões de libras) em 2016, de 50,63 bilhões de yuans no ano anterior.