Greve do setor de açúcar na África do Sul pode chegar ao fim

strike

As negociações entre os donos das fábricas de açúcar e os empregados, na África do Sul, estão caminhando bem, de acordo com a Press Association Sul-Africana.

“As conversas tem sido encorajadoras e os donos das fábricas estão dando sinais que irão melhorar a oferta de salário “, disse o secretário-geral da Food and Allied Workers Union, Katishi Masemola .

As conversas mediadas pela Comissão de Conciliação, segunda-feira, não deram resultados positivos, como se esperava, (ver em https://www.jornalcana.com.br/mediadores-na-africa-do-sul-negociam-greve-de-trabalhadores-da-industria-de-acucar/) e o sindicato voltará a se reunir antes do final da semana.

Cerca de 3000 trabalhadores marcharam em Durban nesta quarta-feira, dia 4 de junho, em uma tentativa de pressionar os donos das fábricas a aderirem à suas demandas.

“Todos esses esforços são parte de uma ação para pressionar os empregadores, para que assim atendam às demandas dos trabalhadores, especialmente após as negociações de mediação não resultarem em nada”, disse ele .

X