Governo reforça investimentos para biocombustível em MT

Mato Grosso busca fortalecer o setor de biocombustível nas diversas regiões do Estado e com esse propósito o secretário de Estado de Agricultura (Seder), Neldo Egon, acompanhado do prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá, representou o governador Blairo Maggi nessa terça-feira (21), em reunião com empresários do setor, no Estado de São Paulo.

O encontro ocorreu na sede das empresas, Engevix e Metacortex onde o secretário reforçou o apoio de Mato Grosso aos investidores do ramo de combustível. Na ocasião, Neldo Egon entregou ao grupo estudos feitos no Estado sobre logística, meio ambiente e índices de produção na região do Vale do Araguaia.

“Estes estudos servem na verdade para garantir as informações necessárias aos empresários que precisam saber da viabilidade em implantar uma usina na área de oleoginosa em Mato Grosso”, explicou o chefe da pasta que também cumpriu agenda em reunião com diretores do Banco Safra S/A.

Tanto empresários da Engevix quanto da Metacortex, possuem interesse na parceria com os produtores do Vale do Araguaia. Na reunião ficou decidido que os dois grupos trabalharão pela unificação do projeto viabilizando desta forma a instalação de uma Usina de Biodiesel com produção inicial estimada em 100 mil toneladas/ano de biodiesel.

“O momento é do Vale do Araguaia por ser uma região que estes investimentos ainda não estão acontecendo, e desta forma abrindo uma nova opção para novos investimentos no setor. Estamos imbuídos no propósito do governador Blairo Maggi de atrair investimentos para Mato Grosso, e quem decide onde e como serão aplicados esses recursos são os empresários. Nossa missão é atraí-los para cá, explicou Neldo Egon.

INVESTIDORES – O vice-presidente da Engevix, Gerson de Mello Almada e recebeu a comitiva de Mato Grosso, e destacou que a emprese atua nos setores público e privado no Brasil e no exterior, em empreendimentos das áreas de energia (geração, transmissão e distribuição), óleo, gás, petroquímico, indústrias de base (celulose e papel, siderurgia, mineração, entre outras) e infra-estrutura (transportes e saneamento básico).

Segundo o diretor comercial da Canuanã Empreendimentos e Participações Ltda, Luis Fernando Massari, os investimentos são na ordem de R$ 160 milhões de reais e promoverão o desenvolvimento regional no Vale do Araguaia. “Inúmeros empregos serão gerados, uma vez que também será instalada no município de Água Boa uma esmagadora de grãos. Estamos coordenando esses investimentos e temos certeza da importância desses empreendimentos para o desenvolvimento econômico e social do Estado como um todo”, disse Massari.

X