Governo fechará parcerias com setor sucroalcooleiro

Numa clara demonstração de que está colocando como prioridade número um do governo o desenvolvimento econômico de Alagoas, o governador Ronaldo Lessa estendeu o “tapete vermelho” para receber o presidente do Sindaçúcar/AL (Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool), Pedro Robério Nogueira, na primeira audiência oficial que ele concedeu ao setor.

“Estou disposto a trabalhar em parceria com o maior setor da nossa economia”, disse Lessa a Pedro Robério, em seu gabinete no Palácio Marechal Floriano Peixoto.

O governador foi claro. Está disposto a ampliar as parcerias preexistentes (nas áreas de meio ambiente, recuros hídricos etc), fechar novas parcerias e a formatar uma política fiscal semelhante a de outros Estados produtores de açúcar e álcool do Nordeste.

Ronaldo Lessa foi ainda mais longe: está disposto a fechar um novo acordo com o setor “em prol de Alagoas” – revendo débitos de ICMS do passado.

Hoje, um árbitro contratado pelo governo do Estado e pelas indústrias de açúcar e álcool discute com as duas partes dívidas tributárias dos últimos anos. “O governador me pediu empenho para acelerar as discussões em torno da questão e vamos nos empenhar ao máximo”, antecipou Pedro Robério.

Segundo o presidente do Sindaçúcar/AL, o encontro foi “altamente positivo”. O primeiro contato foi classificado como o “início de um novo tempo” no relacionamento do governo com o setor sucroalcooleiro. “Alagoas sairá ganhando”, aponta Pedro Robério.

X