Geração das usinas a biomassa cresce 6% no 1º semestre de 2016

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica indicam crescimento de 6,1% na geração das usinas térmicas movidas à biomassa no primeiro semestre de 2016 na comparação com o mesmo período do ano passado. A geração no período foi de 1.942 MW médios, enquanto atingiu 1.831 MW médios nos seis primeiros meses do ano passado.

biomass-power-plant-456x304A capacidade instalada das plantas movidas à biomassa do Sistema Interligado Nacional (SIN) também evoluiu no período, chegando a 11,6 GW ao final de junho. O número é 7,4% superior ao registrado no mesmo período de 2015, quando a capacidade era de 10,8 GW.

Em junho, o bagaço de cana foi o combustível mais utilizado na geração das usinas movidas a biomassa. O material representou 93,5% do total, com 3.054 MW médios de energia produzidos em junho. Na sequência, aparecem o licor negro com 3,5% (114 MW médios) e os resíduos florestais com 1,2% do total (39 MW médios).

Os dados consolidados da CCEE mostram ainda que o Estado de São Paulo foi o maior produtor de energia proveniente da queima da biomassa no mês de junho. As usinas paulistas produziram 1.631 MW médios, o equivalente a 50% de toda a geração da fonte do SIN. Goiás (503 MW médios), Mato Grosso do Sul (413 MW médios), Minas Gerais (403 MW médios) e Paraná (142 MW médios) aparecem na sequência.

(Fonte: CanalEnergia)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.