Gás poderá gerar 10% da energia

Serão investidos US$ 4 bilhões, entre 2002 e 2006, em projetos de exploração, produção e distribuição, incluindo-se aí a expansão da atual malha do Nordeste. O ano de 2005 poderá registrar uma significativa mudança na matriz energética brasileira. O gás natural, que aos poucos vem conquistando seu espaço no mercado interno, deverá ocupar uma fatia de cerca de 10%, contra tímidos 3% dos dias atuais. É com esta expectativa que tem trabalhado o governo brasileiro. E diante desse quadro, a Petrobras, ainda hoje a detentora da grande parcela do gás comercializado no País, programa investimentos de cerca de US$ 4 bilhões, para o período de 2002 a 2006. Nas áreas de exploração e produção serão aplicados US$ 1,7 bilhão. Os programas de infra-estrutura, a instalação de novos dutos e expansão da malha do Nordeste absorverão outros US$ 2 bilhões. Já as companhias de distribuição, nas quais a Petrobras tem participação acionária, aplicarão US$ 316 milhões. (Gazeta Mercantil)

X