Fundo dos EUA pretende comprar participações em usinas de cana no Brasil

O fundo de investimento Castlelake, com sede nos Estados Unidos, pretende comprar participações em usinas de cana-de-açúcar do Brasil.

A informação foi divulgada pela Agência Reuters.

Segundo a Reuters, o Castlelake, que se define como uma empresa de investimento “focada em ativos alternativos, empréstimos problemáticos, indústrias deslocadas e situações especiais”, teve acesso a informações detalhadas sobre cinco empresas brasileiras do setor sucroalcooleiro, disse a fonte, pedindo anonimato, já que não estava autorizado a falar sobre o assunto.

O fundo teria iniciado conversas com pelo menos duas das cinco empresas, com o objetivo de comprar uma participação majoritária, disse a fonte, sem dar mais detalhes sobre a situação atual das negociações.

Posteriormente, o Castlelake solicitou o mesmo tipo de informação de cinco empresas adicionais na indústria brasileira de cana-de-açúcar para expandir seu raio de avaliação e localizar outros possíveis alvos, disse a fonte.

O fundo não retornou imediatamente a um pedido de comentário, relata a Reuters.

Leia também: Curso de Caldeiras reúne os maiores especialistas da área dias 19 e 20

No início deste ano, o Castlelake foi citado em uma negociação para adquirir usinas no Brasil de propriedade da indiana Shree Renuka Sugars. A subsidiária brasileira entrou com pedido de recuperação judicial em 2015.

As empresas ainda não chegaram a um acordo. A Renuka deve vender uma de suas usinas em um leilão ainda este ano para pagar parte de sua dívida. O Castlelake poderia ser um concorrente nesse certame, disse a fonte.

Mais de 50 usinas fecharam no Brasil nos últimos cinco anos após um período prolongado de baixos preços de açúcar e etanol e crédito caro. Dezenas entraram com pedido de recuperação judicial.

A fonte disse que o enfraquecimento acentuado do real brasileiro neste ano aumentou o interesse do Castlelake, uma vez que torna as aquisições mais baratas em dólares.

X