Fundação Solidaridad será parceira do Projeto RenovAção para requalificar cortadores de cana

A Fundação Solidaridad, uma das mais importantes organizações internacionais para o apoio ao desenvolvimento de cadeias de produção sustentáveis, com sede na Holanda, é a mais nova parceira do Projeto RenovAção

CDN Comunicação Corporativa

O acordo foi selado na quarta-feira (3), após encontro no escritório da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), em Ribeirão Preto.

“A adesão da Fundação Solidaridad ao Projeto RenovAção é para nós um reconhecimento da seriedade na condução e dos bons resultados já alcançados pelo Projeto até o presente momento. Esperamos que outras empresas e instituições se juntem a este esforço para a melhoria constante da qualidade de vida e geração de oportunidades para os trabalhadores do corte manual da cana-de-açúcar,” afirmou o diretor executivo da UNICA, Eduardo Leão de Sousa.

O objetivo do RenovAção é treinar e requalificar até sete mil trabalhadores por ano, tanto os que atuam em operações manuais de cana-de-açúcar quanto integrantes das comunidades onde estão as usinas. O treinamento qualifica os trabalhadores para novas atividades dentro das próprias usinas, ou em outros setores da economia onde haja demanda.

A iniciativa foi desenvolvida pela UNICA em parceria com a Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo (Feraesp), com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e patrocínio das empresas Syngenta, Case IH e John Deere.

Para a coordenadora de projetos da Fundação Solidaridad no Brasil, Fátima Cristina Cardoso, existem pelo menos dois pontos importantes na parceria. “Queremos priorizar a participação das mulheres nos cursos oferecidos para as atividades mecanizadas dentro das usinas e também destinar parte dos recursos para cursos voltados à construção civil, setor que tem apresentado uma demanda crescente de mão de obra especializada em todo o estado,” explicou.

Na reunião decisiva em Ribeirão Preto, com a presença de representantes da UNICA, Feraesp, Solidaridad e das empresas que apoiam o Projeto, foi acordado que haverá um aporte inicial da Fundação Solidaridad de 90 mil euros (cerca de R$ 213 mil). Novo investimento no mesmo valor deverá ser realizado em 2011. Até lá, uma série de encontros de trabalho e acompanhamento dos resultados serão realizados pelo grupo.

Ao final do encontro, todos os representantes do Renovação visitaram o Serviço Nacional da Indústria (Senai) de Ribeirão Preto, um dos responsáveis pelos cursos oferecidos aos trabalhadores.

X