Fluid Brasil se expande, mesmo com indefinição no mercado de energia

A Fluid Brasil, empresa paulista que há 12 anos implanta sistemas de tratamento, purificação e movimentação de água para abastecimento industrial está crescendo mesmo diante da demora do governo em fixar normas claras para o mercado de energia, informa a assessoria da empresa. A empresa implanta sistemas que garantem água desmineralizada para alimentação de caldeiras de alta pressão, necessárias às usinas dispostas a entrar no mercado de geração de energia.

O crescimento é tão expressivo que logo na primeira semana de junho a empresa já havia atingido a meta de vendas de R$ 15 milhões, o que havia sido previsto para o término deste ano.

“As usinas dispostas a entrar no mercado de geração de energia de forma competitiva sabem que investir no tratamento de água para o abastecimento das caldeiras é investir em maior segurança, produção e menor gasto de energia empregada no processo”, afirma José Eduardo Rocha, gerente geral da Fluid, que acaba de estabelecer uma nova cifra para encerrar o ano.

Somente em maio, por conta do Mercado de Energia, a Fluid Brasil fechou contratos com a Usina da Pedra, do grupo Biaggi, com a Termo Pernambuco, da espanhola Iberdrola, e com a Termo Norte Fluminense, do grupo francês (francês), totalizando quase R$ 6 milhões.

X