Fapesp fará estudo do clima e recursos hídricos no Estado

Fundação negocia apoio do governo federal e da iniciativa privada. Um amplo projeto destinado ao estudo do clima e dos recursos hídricos no Estado é uma das principais iniciativas que o novo presidente da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Carlos Vogt, espera desenvolver no mandato que está começando agora. Trata-se de um sistema integrado de hidrometeorologia que envolve a criação de uma rede para observação e monitoramento do clima e dos recursos hídricos no Estado. O projeto está orçado em aproximadamente US$ 15 milhões, entre infra-estrutura e equipamentos, e já conta com o incentivo do secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Ruy Altenfelder. Além da Fundação, Vogt acredita que os investimentos terão participação também dos governos estadual e federal. “A Fapesp está disposta a participar da execução do projeto”, afirmou Vogt, que assumiu o cargo oficialmente ontem e já está em negociação com executivos do governo em Brasília e com os secretários estaduais de Meio Ambiente e da Agricultura. (Gazeta Mercantil)

X