Fábrica de tratores brasileira exporta primeiras unidades para Austrália e Turquia

Nas próximas semanas serão embarcadas as primeiras unidades de tratores Valtra para a Austrália e Turquia.

Em 2002, a empresa exportou tratores agrícolas para a China e Estados Unidos e deverá vendar mais unidades até o final deste ano.

Segundo a assessoria de imprensa, foram vendidos mais de 100 máquinas de diferentes faixas de potência para o mercado chinês e a expectativa é que se exporte 300 máquinas até o final do ano; para os Estados Unidos e Canadá, já foram embarcados mais de 70 tratores da linha 100, que são montados com motores de 60 a 90 cv certificados com o Selo Verde (selo que atesta a não emissão de poluentes no meio ambiente) e espera-se que sejam entregues em 2003 um número próximo de 200 tratores. A assessoria informa que, para este ano, a meta é dobrar as exportações em relação ao ano de 2002 (814 unidades) para atingir o número aproximado de 1.600, com faturamento aproximado de US$ 40 milhões em 2003.

O México continua sendo o maior pólo importador dos tratores Valtra e o mercado argentino teve uma grande ascensão e mostra sinais de recuperação nas negociações externas.

X